Designação/Título: Porta de Viriato


Autoria: Manuel Patinha (1949- )


Datas Relevantes: 2000 (inauguração da obra, executada no âmbito do I Simpósio de Escultura em Viseu)


Materiais: granito


Dimensões:


Promotor: Câmara Municipal de Viseu


Localização: Rotunda de Nelas (Viseu – Portugal)


Coordenadas GPS: 40.649314° ; -7.912156°

Descrição

De acordo com a informação partilhada pela Direção Regional de Cultura do Centro, na sua página referente ao Museu Virtual de Arte Pública:

O monumento pretende representar os feitos heróicos de Viriato, nos quais, Manuel Patinha se inspira, criando uma composição em arco triunfal com efeitos de grande verticalidade, emitidos pela disposição dos elementos, constituídos por um par de dois blocos de pedra, sobrepostos ao alto, e intercalados por uma “imposta” saliente que atenua um pouco a verticalidade, ao mesmo tempo que estabelece equilíbrio com o topo, também este saliente e em arco, unindo os blocos que o sustentam, no qual exibe em baixo-relevo configurações geométricas: ovais, quadradas e circulares. O autor usa uma linguagem geométrica onde prevalece a simetria, ao mesmo tempo que mantém as texturas provocadas pela técnica e pelos instrumentos utilizados na execução da escultura, características que marcam a sua obra.

Arquivo Gráfico

Vídeo

Documentos

  • FIGUEIREDO, António Vicente – Viseu: Coração de Jesus. História, memória e património. Viseu, Freguesia de Viseu, 2017.

Outras referências

ID da Entrada

Ruben Marques (2019-10-15)