Designação/Título: Loba


Autoria: Mariano Benlliure (1862-1947)


Datas Relevantes: 1940-09-16 (inauguração da obra de homenagem a Viriato, sendo que a Loba havia sido projetada e esculpida como parte integrante desse conjunto escultórico) ; ? (colocação da Loba no interior do Parque do Fontelo)


Materiais: bronze


Dimensões:


Promotor: Câmara Municipal de Viseu


Localização: Parque do Fontelo, sobre os rochedos que se erguem atrás da capela de São Jerónimo (Viseu – Portugal)


Coordenadas GPS: 40.658393° ; -7.899700°

Descrição

Estátua zoomórfica, esculpida em bronze e exposta no topo de uma imponente formação rochosa. Representa uma loba, em tamanho natural e dotada de evidente realismo anatómico.

O animal apresenta-se com as quatro patas fletidas (aproximando o peito do solo), expressão vigilante e cauda descaída.

Esta obra foi projetada originalmente para integrar o grupo escultórico de homenagem a Viriato e tinha como objetivo a personificação do império romano (através da utilização de um dos seus símbolos mais emblemáticos, a Loba Capitolina). Contudo, a proposta artística de Mariano Benlliure acabou por ser adulterada e a figura da Loba foi separada do restante conjunto, sendo colocada sozinha e descontextualizada, no interior do Parque do Fontelo.

Arquivo Gráfico

Vídeo

Links

Documentos

Outras referências

ID da Entrada

Ruben Marques (2019-10-15)