Designação/Título: Câmara Solar (Inversão)


Autoria: Elisa Balmaceda


Datas Relevantes: 2019-
Inauguração: 2019-10-12


Materiais: Madeira, metal, pedra, espelho


Dimensões: 556 x 325 x 355 cm


Promotor: POLDRA – Public Sculpture Project Viseu


Localização: Mata do Fontelo, Viseu (Viseu – Portugal)


Coordenadas GPS: 40.6584930, -7.8995160

Descrição

De acordo com a Memória Descritiva:

Câmara Solar (Inversão) inspira-se nas construções pré-colombianas destinadas à observação astronómica. Procura recuperar o vínculo do humano com o cíclico, cósmico e ritual, da envolvente, para situar e religar o corpo com a paisagem local, em [sobretudo nestes] tempos de crise ecológica e alterações climáticas. A obra propõe uma arquitetura temporal de observação, no Parque do Fontelo e contém um miradouro exterior (orientado a Sudeste) para observação da envolvente, bem como um espaço interior (orientado a Noroeste) no qual se encontra uma rocha – do próprio Parque do Fontelo – que é utilizada como suporte para a reflexão (por via de espelho) do céu ao mesmo tempo que inverte a posição do Sol, o qual, contemplado de dentro da câmara, mimetiza o que seria uma observação a partir do Hemisfério Sul. Por sua vez, a construção está alinhada com um dos marcos e rituais mais importantes, desde tempos remotos: o Solstício de Verão, momento em que o Sol alcança a sua maior latitude para, de imediato, começar o percurso de regresso ao Hemisfério Sul e onde várias culturas ainda celebram o início de cada novo ano solar.
A 21 de Junho, às 12:30h poderá observar-se a projeção total do Sol, entrando pela abertura do interior da câmara.

“Câmara Solar (Inversão)” integra o conjunto de cinco intervenções em espaço público da segunda edição do POLDRA – Public Sculpture Project Viseu, desenvolvida ao longo de 2019 e organizada pela PROMINENTCHANCE, com Direcção Artística de João Dias.

A intervenção resulta de um convite do Director Artístico. A intervenção em concreto, pensada para um cariz temporário (de cerca de 18 meses), deveria – e à semelhança das restantes obras do POLDRA – considerar-se como site-specific  e adequada às especificidades do local de implantação, possuindo uma particular atenção à Mata do Fontelo e ao critério da não-destruição da envolvente natural.

Arquivo Gráfico

Vídeo

...

ID da Entrada: NTGD.2019.0071

Rui Macário Ribeiro (2019-11-13)