Designação/Título: Elemento Pictográfico Habitável


Autoria: João Dias


Datas Relevantes: 2018
Inauguração: 2018-12-22


Materiais: Betão hidrófugo C30/37, aço A500 NR, tinta para betão (azul).


Dimensões: 465 x 270 x 202 cm


Promotor: João Dias Studio | Município de Viseu


Localização: Marginal do Rio Pavia, Viseu (Viseu – Portugal)


GPS: 40.662892, -7.917249

Descrição

Transcrição da Placa Identificativa:

Elemento Pictográfico Habitável | Habitable Pictographic Element (2018)

JOÃO DIAS (PT)

Betão Hidrófugo C30/37, Aço A500 NR | Hydrofuge Concrete C30/37, Steel A500 NR

465 x 270 x 202 cm

______________________

Pensada para a marginal do Rio Pavia (Viseu), esta Escultura resulta da desconstrução da ideia de paisagem, em que fragmentos se desmaterializam da tela e re-materializam enquanto fragmentos escultóricos que posteriormente iniciaram um processo de relacionamento com o contexto arquitectónico e, agora, nesta escultura para espaço público, a “Pintura” torna-se um fragmento da própria paisagem.

A Escultura define-se por linhas dinâmicas alongadas, num volume único e sem emendas que surge como fragmento ou vestígio fora de/sem Tempo! Nesta escala, um “artefacto” trata de problemáticas como identidade, relação com o Património Cultural, artefactos do tempo presente, futuro, o lugar do indivíduo, habitação, Lar/Casa, forma, luz e sombra.

Habite-se/Use-se o fragmento/escultura!

—————————-

Conceived for the Pavia Riverbank, this Sculpture results of the deconstruction of the idea of landscape, where fragments are dematerialized from the canvas, and materialized into sculptural fragments, that later started to relate to architectural context and that now, in this public space sculpture, the “Painting” becomes a fragment of landscape itself.

The Sculpture is defined with elongated dynamic lines in a single, seamless volume that appears as a fragment or a vestige without time! On this scale, such an “artifact” deals with questions as for identity, relation to heritage, artifacts of our time, future, place, place of the individual, house, home, form, light, and shadow.

Inhabit/Use the fragment/sculpture!

Sendo inaugurado a 22 de Dezembro de 2018, o “Elemento Pictográfico Habitável” necessitou de vários meses de produção. Desde a criação dos moldes em poliestireno – em estúdio – até ao fabrico da peça final, em bloco único de betão (pela Tubani, empresa especializada em pré-fabricados de betão).

A obra, foi co-promovida por João Dias Studio e pelo Município de Viseu, cabendo à entidade municipal os custos não associados à criação e produção artística.

Arquivo Gráfico

Vídeo

...

Outras referências

ID da Entrada: NTGD.2019.0004

Rui Macário Ribeiro (2019-07-15)